domingo, 3 de julho de 2016

Altos estabelece feito histórico e é o primeiro classificado

Mantendo 100% de aproveitamento na Série D, Altos voltou a vencer na competição promovida pela CBF, estabelecendo um feito histórico para o futebol piauiense e garantindo, antecipadamente, sua classificação para a segunda fase. Na tarde deste domingo (03), quando enfrentou o Icasa dentro de seus domínios - Estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte -, o Jacaré triunfou por 3 a 0.
 
O feito histórico: pela primeira vez num Campeonato Brasileiro, em suas quatro divisões, uma equipe do futebol piauiense completa a quarta rodada com quatro vitórias; a classificação antecipada: com 12 pontos ganhos, Altos já é, no mínimo, segundo colocado. E matematicamente, o primeiro classificado para a próxima fase. Além dos campeões dos 17 grupos, classificam-se os 15 melhores segundo colocados. Altos já é um deles.
 
Manoel abriu a contagem para o Jacaré, aos 25 minutos do 2° tempo, com Tiaguinho ampliando quatro minutos depois. No final da partida, o goleiro Dida pegou um pênalti e deu início ao contra-ataque que culminou no terceiro gol piauiense. O segundo de Manoel, principal artilheiro da Série D do Campeonato Brasileiro, com 7 gols. No outro jogo do grupo, Maranhão 0x1 Juazeirense, em São Luís.
 
FICHA TÉCNICA
 
ICASA 0x3 ALTOS (Campeonato Brasileiro - Série D - 1ª fase - 4ª rodada - Grupo A5); Data: 03/07/2016 (domingo à tarde); Local: Estádio Romeirão (Juazeiro do Norte - CE); Arbitragem: Emanuel Diniz de Araújo (Paraíba), auxiliado por Ramón Lima Machado e Jaílson Albano da Silva (ambos locais).
 
Gols: Manoel 25, Tiaguinho 29 e Manoel 45 do 2° tempo.
 
Cartões amarelos: Diego Góis, Pedro Cairo (ICA), Américo, Celso e Fred (ALT).
 
Obs.: Eric perdeu um pênalti, aos 44 do 2°, chutando para Dida defender.
 
Icasa - Lopes; Alex Ferreira (Pedro Cairo), Erivaldo Pedra, Diego Góis e Alberto; Álvaro, Toni e Júlio; Marcelo (França), Eric e Wellington Júnior (Wesley Pereira). Técnico: Paulo Jorge Diogo Morgado.
 
Altos - Dida; Joninha, Celso, Leone e Tiaguinho; Marcos Pimentel, Fred, Américo (Carlinhos Bala) e Esquerdinha (Pantico); Manoel e Gênesis (Bruno Aquino). Técnico: Nivaldo de Oliveira Lancuna.

10 comentários:

  1. PARABÉNS AO GRANDE LANCUNA E SUA TURMA. REALMENTE, O MAIOR FEITO DE UM TIME PIAUIENSE EM CERTAME DESTA NATUREZA. DEMONSTRANDO, INEXORAVELMENTE, QUE QUANDO SE CONSEGUE JUNTAR: HUMILDADE, GARRA, DETERMINAÇÃO E SIMPLICIDADE, CLAREIA O CAMINHO PARA A CONQUISTA DESEJADA. MUITO OBRIGADO, M E S M O .
    AH! NÃO ESQUEÇAMOS QUE, A ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA DE ALTOS, CONSEGUE OUTROS FEITO: PASSAR, DE UM SIMPLES JACARÉ A UM
    TEMIDO "CROCODILO".
    É ISSO AÍ. QUE VOCÊS CONTINUEM A NOS ORGULHAR!
    UM ABRAÇO A TODOS,

    ISMAR!!!

    ResponderExcluir
  2. Disse tudo Ismar!!! Extraordinária campanha do Altos. Esta orgulhando os Piauienses. Parabéns Jacaré .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ok! grande Henrique! TEMOS QUE VALORIZAR nossos representantes, especialmente, quando superam enormes DIFICULDADES, como vêm fazendo o ALTOS e tb o PARNAHYBA!!

      ismar!!!

      Excluir
  3. Ja postei em mareria,anterior que,esse feito nao e o primeiro. O Flamengo na copa hoao havelange venceu os 5 primeiros jogos do modulo verde e branco, equivalente a serie C da epoca. Porntanto, se o Altos vencer mais uma ficara equivalente ao Flamengo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marcos, de uma certa forma você tem razão. Nossa informação está baseada nos certames promovidos pela CBF - o que não foi o caso da Copa João Havelange. Naquele ano, 2000, em decorrência de uma ação do Gama que entrou pela Justiça Comum, a CBF resolveu não realizar o Campeonato Brasileiro.
      No relatório anual da entidade, por exemplo, não consta qualquer registro sobre a Copa João Havelange. O certame foi organizado pelo Clube dos 13, com a CBF e as Federações apoiando na logística. Tal evento, por não ser da CBF, até contou com o Fluminense na divisão principal, quando, no ano anterior, o time das Laranjeiras conseguira o acesso para a Série B, como campeão da Série C.
      Resumindo: nas competições da CBF, por ela promovidas, Altos é o recordista. Se incluirmos a competição realizada pelo Clube dos 13, o Flamengo passa a ter este privilégio. Acho que ficou bem claro. Um abraço. Severino Filho.

      Excluir
  4. PARABÉNS grande Escriba, a verdadeira ENCICLOPÉDIA que, para a maioria dos "sopradores de latinhas", hoje, mais modernamente "cuspidores de celulares" - pronunciam, invariavelmente, e n c i c o P L É d i a - AMBULANTE, pois nem eu aqui, "framenguista TODO", SABIA da faceta do nnoossoo "LEÃO SEM FLORESTA" naquela competição, mafiosa, do clube dos 13.
    obrigado,
    um abraço
    ismar!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ismar o treinador era o Murillo Pardal. Após a quinta vitória brigou com o Ronaldo Buccar porque este não lhe pagou os prêmios prometidos. Foi embora e o Flamengo passou a cair de produção.

      Excluir
  5. VALEU!! MAS o que "matou" nosso time FOI esse UNIVERSO de PICARETAGENS, VINDO de muuuitos e muuuitos ANOS, meu caro!!!

    ResponderExcluir
  6. ALTOS mais uma vez mostrou, agora Nordeste adentro e Brasil afora, que não estar pra brincadeira. SUPEROU toda e qualquer expectativa, Grande LANCUNA. PARABÉNS A ESTES VERDADEIROS "HERÓIS DO SERTÃO"!!!!

    ismar!!!

    ResponderExcluir
  7. ah! o possante MANELÃO fez mais um gol. Agora é fechar o MAC, com mais dois......e......chega a marca de 10 gols. Não recordo se tivemos atacantes de times piauienses, mesmo com Sima, Miltão e tantos outros...com feito tão expressivo, em 5/6 jogos seguidos, em competições dessa natureza.
    VALEU!!
    ismar!!!

    ResponderExcluir