domingo, 5 de maio de 2019

Galo estreia com pé direito e já é lider do seu grupo

Festa tricolor para o gol de Otacílio (Foto: Stephanie Pacheco/GloboEsporte.com)
O River estreou com pé direito na Série D do Campeonato Brasileiro ao vencer, na tarde deste domingo (05), no Estádio Albertão, em Teresina, por 1 a 0, a equipe paraense do Bragantino. O campeão piauiense perdeu várias oportunidades e por muito pouco não cedeu o empate no segundo tempo.

O gol solitário da partida foi assinalado pelo estreante Otacílio, após cruzamento da esquerda. Como o outro jogo do grupo A4, Santa Cruz (RN) e Floresta (CE) terminou empatado (1 a 1), o Tricolor já estreia como líder de sua chave, com 3 pontos ganhos. No próximo sábado, a equipe vai para Horizonte, onde terá o Floresta como adversário.

FICHA TÉCNICA

RIVER 1x0 BRAGANTINO – PA (Campeonato Brasileiro de Futebol – Série D – 1ª fase – 1ª rodada – Grupo A04); Data: 05/05/2019 (domingo à tarde); Local: Estádio Albertão (Teresina – PI); Arbitragem: Ranilton Oliveira de Sousa, auxiliado por Elson Araújo da Silva e Ivanildo Gonçalves da Silva (todos do Maranhão).

Renda: R$ 24.825,00 com 1.411 pagantes.

Gol: Otacílio 25 do 1° tempo.

Cartões amarelos: Carlos Henrique, Otacílio (RIV) e Caio (BRA).

River – Mondragon; Carlos Henrique, Maceió (Anderson Alagoano), Audálio e Biro Biro; João Paulo, Alemão e Bismarck (Juliano); Kanu (Cassiano), Otacílio e Roney. Técnico: Marcio André Correa Cantanhede (Marcinho Guerreiro).

Bragantino (PA) – Axel; Bruno Romário, Gabriel e PC; Kaique, Keoma (Lucas), Caio e Marcos; Leandro Cearense (João Leonardo) e Fidélis (Mauro). Técnico: Samuel Cândido.


quinta-feira, 2 de maio de 2019

Pré-Copa do Nordeste: Altos vence ABC no primeiro jogo

Num jogo difícil para  o time piauiense, Altos conseguiu vencedr e agora vai buscar o empate (Foto - Elziney Santos)
Com um gol marcado no primeiro tempo e o adversário perdendo até pênalti, o Altos venceu o primeiro jogo do confronto diante do ABC, na disputa por uma vaga na fase de grupos da Copa do Nordeste 2020. A vitória por 1 a 0 dá ao vice-campeão piauiense a vantagem de jogar pelo empate na segunda partida.

O gol solitário do jogo, disputado na noite desta quinta-feira (02), no  Estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina, foi assinalado pelo zagueiro Caíque, com a cabeça, depois de escanteio cobrado pelo lateral Edvan, quando eram decorridos 26 minutos de jogo. Na fase final, o ABC teve o empate a seus pés,  numa cobrança de penalidade máxima cometida pelo goleiro Douglas Lima sobre  o atacante Anderson. Na cobrança, Hélio Paraíba chutou para fora.

Os dois times voltarão a se enfrentar na próxima semana, no Estádio Frasqueirão, em Natal, ocasião em que o Jacaré jogará pelo empate. Havendo vitória do ABC pelo mesmo placar, a vaga será decidida através de cobranças de tiros livres da marca do pênalti.

FICHA TÉCNICA

ALTOS 1x0 ABC (Pré-Copa do Nordeste – Fase Única – Grupo 4 – 1° jogo); Data: 02/05/2019 (quinta-feira à noite); Local: Estádio Lindolfo Monteiro (Teresina – PI); Arbitragem: Diego da Silva, auxiliado por Ailton Farias da Silva e Daniel Vidal Pimentel (todos de Sergipe).

Renda: R$ 2.680,00 com 200 pagantes (150 não pagantes).

Público total: 350 torcedores.

Gol: Caíque (cabeça) 26 do 1° tempo.

Cartões amarelos: Dos Santos e Tiaguinho (ALT).

Obs.: Hélio Paraíba perdeu um pênalti, aos 18 do 2°, chutando para fora.

Altos – Douglas Lima;  Edvan, Caíque,, Ramón Baiano e Wesley (Tiaguinho); Dos Santos, Klenisson (Radsley), Humberto e Ancelmo (Sidney); Reinaldo Alagoano e Manoel. Técnico: Estevan Eduardo Lemos Soares.

ABC – Edson; Maicon, Maurício, Henrique e Evandro; Mossoró (Neto), Valdemir, Guedes e Anderson Rosa; Hélio Paraíba (Eder) e Anderson (Wanderson). Técnico: Ranielle Damasceno Ribeiro.


sexta-feira, 19 de abril de 2019

Eduardo (River) é o ganhador do Troféu Rui Lima 2019

Eduardo é bi no Troféu Rui Lima: um campeonato muito próximo da perfeição (Foto - Assessoria do River AC)
Conquistado o título pelo River e diante do excelente desempenho do atacante Eduardo, goleador máximo da competição pela segunda vez, a organização do Troféu Rui Lima decidiu por outorgar-lhe, pela segunda vez, a conquista da mais tradicional premiação individual do futebol piauiense.

Aos 38 anos, Eduardo Ribeiro dos Santos estabeleceu várias marcas que reafirmam a sua histórica passagem pelo futebol do Piauí como atleta do River Atlético Clube. Um a um, foram estes os principais motivos para que Eduardo fosse o ganhador do Troféu Rui Lima 2019.

- Campeão invicto do Piauiense 2019, uma vez que não participou do único jogo em que o River foi derrotado – 4 de Julho 1x0 River.

- Riverino campeão e artilheiro do mesmo certame pela segunda vez (2015 e 2019). O último atleta do River a conquistar a façanha havia sido há 41 anos, quando Sima também foi campeão e artilheiro pela segunda vez (1977 e 1978).

- Com 38 anos e 8 meses, tornou-se o mais velho artilheiro de um Campeonato Piauiense, superando Ademir Patrício, do 4 de Julho, que foi goleador máximo do certame, em 1993, com a idade de 38 anos e 3 meses.

- Com os 8 gols marcados no campeonato, entrou para o ranking dos 10 maiores artilheiros do River em todos os tempos, em jogos oficiais. Ele agora ocupa a 10ª colocação, ao lado de Carlito, que jogou na década de 1950, ambos com 35 gols.

- Por fim, em todos os meios de comunicação que deram cobertura ao campeonato, o jogador mereceu destacada referência pela sua atuação no Piauiense 2019.

Eduardo é o terceiro jogador a ser premiado com o Troféu Rui Lima em duas ocasiões. Anteriormente, já haviam ganho por duas vezes os atletas Guará (1988/4 de Julho e 1996/River) e Brinquedo (1995/Caiçara e 1997/Picos).  

A divulgação do vencedor só está ocorrendo hoje em face do trabalho de pesquisa que foi realizado para atestar os números e façanhas estabelecidos pelo atleta. A entrega do troféu ocorrerá em oportunidade futura a ser amplamente  divulgada.


segunda-feira, 15 de abril de 2019

Confira os números finais do Campeonato Piauiense

River conquista o título e recupera hegemonia do futebol piauiense com o 31° de campeão (Foto - Elziney Santos)
Encerrada mais uma edição do Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais 2019, o River Atlético Clube consolidou-se como o grande campeão, conquistando seu 31° título piauiense. Além do título, o Tricolor também teve o goleador máximo do certame – Eduardo, com 8 gols.

A propósito, foi a segunda vez que Eduardo tornou-se o artilheiro principal da competição, uma vez que, em 2015, já o havia sido, então dividindo a honraria com o atacante Lekão, do Parnahyba, amgos com 6 gols marcados. A destoar, ressalte-se, somente a média de público pagante por jogo. Apenas 723, fruto dos 25.321 pagantes verificados em 35 jogos (uma partida foi disputada com portões fechados). A média de gols ficou em 2,33 por partida (84 gols em 36 jogos). Mas vamos aos demais números.

CLASSIFICAÇÃO FINAL DO PIAUIENSE 2019

CAMPEÃO: RIVER, 28 pontos
Vice-campeão: Altos, 19 pontos, 5 vitórias e 5 gols de saldo.
3° 4 de Julho, 19 pontos, 5 vitórias e saldo -1.
4° Parnahyba, 12 pontos
5° Flamengo, 10 pontos
6° Piauí, 8 pontos

TAÇA ESTADO DO PIAUÍ
(Jogos da 1ª à 5ª rodadas)

CAMPEÃO – Altos, 11 pontos, 3 vitórias, 7 gols de saldo
2° 4 de Julho, 11 pontos, 3 vitórias, 3 gols de saldo
3° River, 6 pontos, 1 vitória, saldo 0
4° Parnahyba, 6 pontos, 1 vitória, saldo -1
5° Flamengo, 4 pontos
6° Piauí, 1 ponto

TAÇA CIDADE DE TERESINA
(Jogos da 6ª à 10ª rodadas)

CAMPEÃO - River, 13 pontos2° Piauí, 7 pontos, 2 vitórias, 1 gol de saldo
3° 4 de Julho, 7 pontos, 2 vitórias, saldo -3
4° Flamengo, 6 pontos, 2 vitórias, saldo -2
5° Parnahyba, 6 pontos, 2 vitórias, saldo -3
6° Altos, 4 pontos

Jogos disputados em Piripiri registraram a maior média de público por cidades (Foto - Elziney Santos)
PÚBLICO PAGANTE POR CLUBE

1° River, 1.045 (14.643 pagantes em 14 jogos).
2° Altos, 803 (11.243 pagantes em 14 jogos).
3° Parnahyba, 756 (9.072 pagantes em 12 jogos).
4° 4 de Julho, 719 (7.910 pagantes em 11 jogos).
5° Flamengo, 532 (5.325 pagantes em 10 jogos).
6° Piauí, 317 (2.860 pagantes em 9 jogo).
OBS.: 4 de Julho x Piauí, em Piripiri, foi disputado com portões fechados.

PÚBLICO PAGANTE COMO MANDANTE

1° River, 1.253 (8.772 pagantes em 7 jogos).
2° 4 de Julho, 1.083 (5.418 pagantes em 5 jogos).
3° Parnahyb, 954 (5.725 pagantes em 6 jogos).
4° Flamengo, 445 (2.229 pagantes em 5 jogos).
5° Altos, 365 (2.559 pagantes em 7 jogos).
6° Piauí, 225 (1.126 pagantes em 5 jogos).

PÚBLICO PAGANTE POR CIDADES

1° Piripiri, 1.083 (5.418 pagantes em 5 jogos).
2° Parnaíb, 954 (5.725 pagantes em 6 jogos).
3° Teresina, 616 (12.339 pagantes em 20 jogos).
4° Altos, 459 (1.839 pagantes em 4 jogos).

Gol de Eduardo para o River, cena que se repetiu por oito vezes e fez do atacante o artilheiro do certame (Foto - Elziney Santos).
ARTILHEIROS

8 gols – Eduardo (River).

6 gols – Raphael Freitas (Altos).

4 gols – Ítalo Picapau (4 de Julho), Eder Guerreiro (Altos) e Roney (River).

3 gols – Nil (Piauí).

2 gols – Célio, Josy (4 de Julho), Humberto, Dos Santos, Ancelmo (Altos), Jhonata (Flamengo), Lucas Bacelar (Piauí) e Bismarck (River).

1 gol – Maycon Douglas, Neguinho Paraíba, Chapinha, Gilmar Bahia, Ted Love (4 de Julho), Luizão, Wesley, Ramón Baiano, Netinho, Caíque, Manoel (Altos), João Batista, Douglas, Polho, Kelvis, Roni, Danilo, Naylan (Flamengo), Renan, Thiago Granja, Nilsinho, Danilo, Vitinho, Vagner (Parnahyba),  Brendo, Amorim, Daniel, Jorge Luís, Índio (Piauí), Gustavo Henrique, Maceió, Erivelton, Biro Biro, Carlos Henrique, Rhuann e Cris Maranhense (River).

GOLS CONTRA

1 gol – Eder Guerreiro (Altos, a favor do River), Ramón Baiano (Altos, a favor do River) e Renan (Parnahyba, a favor do Altos).

GOLEIROS COM MELHOR APROVEITAMENTO 
(os que mais jogaram)

0,41 - Mondragon (River) – 5 gols em 12 jogos.

1 gol - Tom (4 de Julho) – 7 gols em 7 jogos.

1,14 – Robson (Piauí) – 8 gols em 7 jogos.

1,20 – Andrade (Altos) – 6 gols em 5 jogos.

1,33 - Yan (Parnanyba) – 8 gols em 6 jogos.

1,40 – Fábio Lima (4 de Julho) – 7 gols em 5 jogos.

1,50 – Vinícius (Flamengo) – 15 gols em 10 jogos.

1,66 - Fernando Henrique (Altos) – 15 gols em 9 jogos.

Mondragon: na meta do River, goleiro obteve média de 0,3 gol sofrido por jogo. A melhor do campeonato (Foto - Elziney Santos).

ESTÁDIOS UTILIZADOS

13 jogos – Lindolfo Monteiro (Teresina).
7 jogos – Albertão (Teresina).
6 jogos - Pedro Alelaf (Parnaíba) e Ytacoatiara (Piripiri).
4 jogos – Felipe Raulino (Altos).

ARBITRAGENS

9 jogos – Diego da Silva Castro.
8 jogos – Antônio Santos Nunes.
6 jogos – Antônio Dib Moraes de Sousa e Djalma Alves de Lima Filho.
2 jogos - Antônio José Lopes Trindade de Sousa, Ideilon Helton Alves Lima e Jardiel da Rocha Soares.
1 jogo – Antônio Francisco Cardoso de Paula.

ASSISTENTES

11 jogos - Márcio Iglesias Araújo Silva.
9 jogos – Alisson Lima Damasceno, João Thiago Carvalho Reis e Rogério de Oliveira Braga.
8 jogos – Janystony Rabelo de Melo e Thyago Costa Leitão.
6 jogos – Mauro Cezar Evangelista de Sousa.
3 jogos – Arnaldo Araújo Santos, Andowilson da Silva Araújo e André da Silva Andrade.
1 jogo - Raimundo David dos Reis Alves.

Diego Castro (à esquerda): árbitro que mais apitou no campeonato piauiense (Foto - Elziney Santos).
ATAQUES

23 gols – Altos e River.
13 gols – 4 de Julho
10 gols – Piauí.
9 gols – Flamengo.
6 gols - Parnahyba.

DEFESAS

5 gols – River.
14 gols – 4 de Julho e Piauí.
15 gols – Flamengo e Parnahyba.
21 gols – Altos.

ATLETAS EXPULSOS

2 jogos – Allan (Piauí).
1 jogo – Wilsinho, Caio (4 de Julho), Sidney, Jorginho, Dos Santos (Altos), Romário, Ribeiro, Naylan, João Guilherme, Aruá (Flamengo), Didi (Parnahyba), Brendo, Amorim (Piauí), Roney, Eduardo, Erivelton e Biro Biro (River).

MARCAS HISTÓRICAS

1° gol – Luizão (Altos), no jogo Altos 1x1 4 de Julho, em 20/01/2019.
50° gol – Kelvis (Flamengo), no jogo Flamengo 2x1 Altos, em 09/03/2019.
84° gol – Eduardo (River) , no jogo River 3x0 Altos, em 13/04/2019.

GOLS MAIS RÁPIDOS

3 min – Netinho (Altos), no jogo Altos 4x2 Flamengo, em 13/03/2019.
6 min – Manoel (Altos), no jogo Altos 3x2 River, em 10/04/2019.
8 min – Raphael Freitas (Altos), no jogo Altos 3x0 Parnahyba, em 13/02/2019.
8 min – Roney (River), no jogo Altos 1x2 River, em 24/02/2019.

Gol de Altos: ataque do Jacaré foi tão eficiente quanto o do campeão (23 gols) (Foto - Elziney Santos)..

TÉCNICOS QUE MAIS VENCERAM

7 jogos – Flávio José Araújo (River).
5 jogos – Paolo Rossi (4 de Julho).
4 jogos - Maurílio Silva (Altos).
2 jogos - Paulo Júnior (Flamengo) e Marcão (Piauí).

TÉCNICOS QUE MAIS PERDERAM

6 jogos – Paulo Júnior (Flamengo).
5 jogoss – Aroldo Moreira (Parnahyba).
4 jogos - Lucas Andrade (Piauí).
3 jogos – Paolo Rossi (4 de Julho) e Maurilio Silva (Altos).
2 jogos - Adelmo Soares (Parnahyba).

MAIORES GOLEADAS

River 4x0 Parnahyba (06/04/2019)
Piauí 2x4 Altos, em Teresina (27/02/2019)
Altos 4x2 Flamengo, em Altos (13/03/2019)