quarta-feira, 29 de março de 2017

Em jogo de cinco gols, Vitória bate o River no Lindolfinho

Um bom público se fez presente ao Estádio Lindolfo Monteiro, na expectativa de que o River derrotasse o Vitória na primeira partida das quartas-de-final da Copa do Nordeste, na noite desta quarta-feira (29). Ao final dos 90 minutos, porém, triunfo do Vitória, por 3 a 2, resultado que deixa o Rubro-Negro baiano a um passo da classificação.

Ki8eza abriu a contagem logo aos 2 minutos, mas o River não perdeu tempo e respondeu com o gol de Oscar Brizuela dois minutos depois. Foi o resultado do primeiro tempo. Na fase final, porém, Alan Costa usou a cabeça para colocar os baianos novamente em vantagem. Aos 35 minutos, David marcou o terceiro, com o tricampeão piauiense reduzindo a diferença através de Negueba.

Mas a reação parou por aí. Com este resultado, o Vitória pode até perder o jogo de volta por 1x0 ou 2x1 que estará classificado. O segundo jogo entre piauiense e baianos está programado para o próximo sábado, às 16 horas, no Estádio Barradão, em Salvador.

FICHA TÉCNICA

RIVER 2x3 VITÓRIA-BA (Copa do Nordeste - Quartas-de-final - 1° jogo); Data: 29/03/2017 (quarta-feira à noite); Local: Estádio Lindolfo Monteiro (Teresina - PI); Arbitragem: Caio Max Augusto Vieira, auxiliado por Vinicius Melo de Lima e Jean Marcio dos Santos (todos do Rio Grande do Norte).

Renda: R$ 84.590,00 com 3.598 pagantes.

Gols: Kieza 2 e Oscar Brizuela (cabeça) 4 do 1° tempo; Alan Costa (cabeça) 10, David 35 e Negueba 37 do 2°.

Cartões amarelos: Leandro Silva, Oscar Brizuela, Humberto (RIV), David, Cleiton Xavier, Geferson e Fernando Miguel (VIT).

River - Leandro Silva; Rossales, Oscar Brizuela, Gabriel e Wesley; André Luiz (Cleber Lucas), Humberto e Osmar; Rodrigo Tiuí (Juninho Paraíba), Tety (Negueba) e Viola. Técnico: Eduardo Pedro Hungaro.

Vitória - Fernando Miguel; Patric, Alan Costa, Fred e Geferson; William Farias, Zé Welison, Gabriel Xavier (Paulinho) e Cleiton Xavier (Jhemerson); David e Kieza (André Lima). Técnico: Argel Fucks.


Confira os números finais da Taça Estado do Piauí

Embora já tenha sido disputado um jogo pelo segundo turno, a estatística que publicamos diz respeito apenas ao 1° turno do Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais - a Taça Estado do Piauí, que teve o Parnahyba como campeão. Foi o terceiro título do Tubarão na competição, pois já havia ganho os títulos de 2004 e 2012.

O artilheiro da Taça Estado do Piauí foi o atacante Viola, do River, com 5 gols marcados. E a maior média de público, computando-se todos os jogos, ficou com o River, enquanto Picos teve a melhor média por cidade. Importante lembrar que, para efeito de rebaixamento e de vantagem na final do campeonato, os pontos ganhos neste 1° turno serão somados aos pontos do 2° turno. Agora confira os números da Taça Estado do Piauí.

CLASSIFICAÇÃO FINAL

CAMPEÃO - Parnahyba, 16 pontos, 5 vitórias, 4 gols de saldo e 12 gols marcados.
2° Altos, 14 pontos, 4 vitórias, 2 gols de saldo e 8 gols marcados.
3° Flamengo, 10 pontos, 3 vitórias, 2 gols de saldo e 9 gols marcados,
4° River, 10 pontos, 2 vitórias, 3 gols de saldo e 9 gols marcados.
5° 4 de Julho, 7 pontos, 2 vitórias, saldo 0 e 8 gols marcados
6° Picos, 7 pontos, 2 vitória, saldo -3 e 8 gols marcados.
7° Piauí, 3 pontos, 1 vitória, saldo -8 e 6 gols marcados.
 
PÚBLICO PAGANTE POR CLUBE
(média por jogo)

1.278 - River (8.947 pagantes em 7 jogos)
1.108 - Flamengo (7.059 pagantes em 7 jogos)
906 - Parnahyba (7.254 pagantes em 8 jogos)
811 - Picos (4.869 pagantes em 6 jogos).
763 - 4 de Julho (4.582 pagantes em 6 jogos).
716 - Altos (5.735 pagantes em 8 jogos)
496 - Piauí (2.980 pagantes em 6 jogos)

PÚBLICO PAGANTE COMO MANDANTE
(média por jogo)

1.321 - Flamengo (3.963 pagantes em 3 jogos)
1.314 - Picos (3.942 pagantes em 3 jogos).
905 - Altos (3.622 pagantes em 4 jogos)
816 - Parnahyba (3.267 pagantes em 4 jogos)
790 - 4 de Julho (2.372 pagantes em 3 jogos)
658 - River (2.636 pagantes em 4 jogos)
323 - Piauí (971 pagantes em 3 jogos)

PÚBLICO PAGANTE POR CIDADES
(média por jogo)

1.314 - Picos (3.942 pagantes em 3 jogos).
816 - Parnaíba (3.267 pagantes em 4 jogos)
790 - Piripiri (2.372 pagantes em 3 jogos)
738 - Teresina (10.345 pagantes em 14 jogos)

ARTILHEIROS

5 gols - Viola (River).
4 gols - Ted Love (4 de Julho).
3 gols - Eduardo (Flamengo), Yerién, Jânio Daniel (Parnahyba), Raphael Freitas e Candinho (Picos).
2 gols - Joelson (Altos),, Victor Salvador (Piauí) e Tety (River).
1 gol - Juninho Pindaré, Célio Mata Boi, Wilsinho, Régis Pitbul (4 de Julho), Uilliam, Leone, Esquerdinha, Manoel, Tiaguinho (Altos), Vitor Recife, Joninha, William Goiano, Tiaguinho, Barata, Miltão (Flamengo), Marcos Gasolina, Thiago Granja, Renan, Dunga, Gilmar Bahia, Tininho (Parnahyba), Ricardo Oliveira, Sorín, Robério, Lucas Borges (Piauí), Felipe (Picos), Oscar Brizuela e Humberto (River).

GOLS CONTRA

1 gol - Humberto (River, em favor de Picos) e Didi (Piauí, em favor de Altos).

GOLEIROS COM MELHOR APROVEITAMENTO
(média de gols sofridos por jogo)

0,60 - Rodrigo (Altos) - 3 gols em 5 jogos.
0,85 - Leandro (River) - 6 gols em 7 jogos.
1 gol por jogo - Santos (Flamengo) - 7 gols em 7 jogos -, Alex (Parnahyba), 6 gols em 6 jogos -, Alex Alves (Altos) - 3 gols em 3 jogos -, Ribamar (Parnahyba) - 2 gols em 2 jogos.
1,33 - Jaílson (4 de Julho) - 8 gols em 6 jogos.
1,66 - David (Puicos) - 5 gols em 3 jogos.
2 gols por jogo - Lucas Conceição (Piauí), 8 gols em 4 jogos -, Amaral (Picos) - 6 gols em 3 jogos.
3 gols por jogo - Joel (Piauí) - 6 gols em 2 jogos.

ESTÁDIOS UTILIZADOS

14 jogos - Lindolfo Monteiro (Teresina).
4 jogos - Pedro Alelaf (Parnaíba).
3 jogos - Ytacoatiara (Piripiri) e Helvídio Nunes (Picos).

ÁRBITROS QUE APITARAM

6 jogos - Antônio Santos Nunes.
5 jogos - Leonardo Marques Fortes.
4 jogos - Antônio Dib Moraes de Sousa.
3 jogos - Diego da Silva Castro.
2 jogos - Antônio José Lopes Trindade de Sousa.
1 jogo - Antônio Francisco Cordeiro de Paula, Djalma Alves de Lima Filho, Hélio Fábio Pinto de Queiróz e Lindomar de Araújo Oliveira.

ÁRBITROS ASSISTENTES

6 jogos - Alisson Lima Damasceno e Márcio Iglesias de Araújo Silva.
4 jogos - Arnaldo Araújo Santos, Ozeas de Sousa dos Santos, Rogério de Oliveira Braga, Mauro Cezar Evangelista de Sousa e Wilson dos Santos Júnior.
3 jogos - Antônio Sérgio de Sousa Araújo, Francisco Nurisman Machado Gaspar, Janystony Rabelo de Melo, Maura Cunha Costa.
2 jogos - Francisco das Chagas Santos Filho e Luiz Gonzaga da Silva Filho.
1 jogo - Raimundo David dos Reis Alves.

ATAQUES

12 gols - Parnahyba.
9 gols - Flamengo e River.
8 gols - 4 de Juho, Altos e Picos.
6 gols - Piauí.

DEFESAS

6 gols - Altos e River.
7 gols - Flamengo.
8 gols - Parnahyba e 4 de Julho.
11 gols - Picos.
14 gols - Piauí.

MARCAS HISTÓRICAS

1° gol - Viola (River), no jogo Picos 2x2 River, em 31/01/2017.
50° gol - Yerién (Parnahyba), no jogo Parnahyba 2x1 Flamengo, em 15/03/2017.

GOLS MAIS RÁPIDOS

1 minuto - Ted Love (4 de Julho), no jogo Parnahyba 0x1 4 de Julho, em 11/02/2017.
6 minutos - Eduardo (Flamengo), no jogo Flamengo 1s2 Picos, em 11/02/2017.
13 minutos - Viola (River), no jogo Picos 2x2 River, em 31/01/2017.
13 minutos - Ted Love (4 de Julho), no jogo Picos 1x3 4 de Julho, em 04/03/2017.

TÉCNICOS QUE MAIS VENCERAM

5 jogos - Fernando Tonet (Parnahyba).
3 jogos -  Francisco Diá (Altos).
2 jogos - Luiz Miguel (4 de Julho).
1 jogo - Ruy Scarpino (Altos), Marcão (Piauí), Nivaldo Lancuna, Paulo Moroni (Picos), Eduardo Hungaro, Waldemar Lemos (River), Cícero Monteiro, Guto Teixeira e Celso Teixeira (Flamengo).

TÉCNICOS QUE MAIS PERDERAM

4 jogos - Marcão (Piauí).
3 jogos - Luiz Miguel (4 de Julho).
2 jogos - Ruy Scarpino (Altos), Cícero Monteiro (Flamengo), Fernando Tonet (Parnahyba) e Nivaldo Lancuna (Picos).
1 jogo - Celso Teixeira (Flamengo), Fabiano Macau (Piauí), Eduardo Hungaro (River) e Paulo Moroni (Picos).

terça-feira, 28 de março de 2017

Atacante Rafamar é o mais novo reforço do River


Rafamar defendeu a Caldense por duas temporadas (Foto: Divulgação / Caldense)

O River anunciou na manhã desta terça-feira (28/03) a contratação do atacante Rafael Fernandes da Silva, o Rafamar. Com 28 anos, Rafamar chega da Caldense, onde disputava a primeira divisão do Campeonato Mineiro. Mas já é conhecido do futebol piauiense, tendo atuado também no Flamengo e no Parnanhyba.

Rafamar é uma indicação do técnico Eduardo Húngaro, que explica a contratação: "É um jogador que a gente vem acompanhando e uma posição que estamos precisando. Em uma possível ausência do Viola, a gente precisava de um jogador com um pouco mais de experiência. Temos outros bons nomes no elenco, mas o Bacelar precisa amadurecer um um pouco mais e o Sharles acabou de subir dos juniores. Temos competições pesadas e é um jogador que via chegar já em condições de jogo."



Nivaldo Lancuna é o novo técnico do Flamengo


Fonte: Assessoria do EC Flamengo

Nivaldo Lancuna é o novo técnico do Flamengo. Sem perder tempo, a diretoria do Mais Querido foi rápida no gatilho e anunciou o novo técnico para a continuidade dos trabalhos no segundo turno do Campeonato Piauiense 2017.

Lancuna é um velho conhecido do futebol local, com passagens por diversos clubes, inclusive o rival River, o Altos em 2015 e 2016 e recentemente o Picos, equipe que dirigiu no primeiro turno do estadual.

Aos 62 anos, o experiente treinador carioca chega ao Leão com a missão de apagar a goleada sofrida na primeira rodada para o 4 de Julho e reanimar o elenco rubro-negro em busca da classificação para as semifinais do turno em disputa.

“Estou bem ciente do trabalho que iremos ter. Serão cinco finais que teremos pela frente. Não será nada fácil, mas com organização e muito treino iremos tentar uma das quatro vagas. O fato de conhecer o time do Flamengo praticamente todo vai ajudar muito. Vamos lutar”, destacou o novo técnico.

O treinador se encontra em Goiânia, Goiás, e segue viagem para Teresina ainda nesta terça. A apresentação de Lancuna está marcada para a manhã de quarta (29) no treino do Leão. 


segunda-feira, 27 de março de 2017

Returno começa com goleada colorada sobre o Flamengo

Com uma incontestável vitória do 4 de Julho sobre o Flamengo, por 4 a 1, na noite desta segunda-feira (27), no Estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina, foi dada a largada para o 2° turno do Campeonato Piauiense, em disputa da Taça Cidade de Teresina. Com público bem aquém das tradições do Esporte Clube Flamengo, o time rubro-negro voltou a decepcionar.

Com futebol solidário e tendo em Juninho Pindaré um de seus principais jogadores na jornada desta noite, o Colorado estabeleceu 2 a 0 no primeiro tempo e chegou aos 4 a 0 antes dos 25 minutos da fase final. Juninho fez três dos quatro gols do 4 de Julho e somente aos 38 minutos é que Barata marcou o gol de honra do Flamengo.

Com este resultado, o 4 de Julho começa o returno como líder, com três pontos ganhos, enquanto o Flamengo fica com 0 e um saldo negativo de 3 gols. A rodada de abertura da Taça Cidade de Teresina prossegue na quinta-feira próxima, às 20 horas, no Lindolfo Monteiro, com o jogo entre Altos e Piauí.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 1x4 4 DE JULHO (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais - 2° Turno - Taça Cidade de Teresina - 1ª rodada); Data: 27/03/2017 (segunda-feira à noite); Local: Estádio Lindolfo Monteiro (Teresina - PI); Arbitragem: Djalma Alves de Lima Filho, auxiliado por Rogério de Oliveira Braga e Alisson Lima Damasceno.

Gols: Juninho Pindaré 14 e Juninho Pindaré 41 do 1° tempo. Wilsinho 14, Juninho Pindaré 24 e Barata 38 do 2°.

Cartões amarelos: Eduardo, Lima, Hallyson Cacheado, Barata (FLA), Célio Mata Boi e Renatinho (4J),

Flamengo - Robson; Barata, Miltão, Andson e Tiaguinho; Leonardo (Fabinho), Lima (Joninha), Hallyson Cacheado (Rafinha) e Capela; Eduardo e Carioca. Técnico: Cicero Monteiro Leite.

4 de Julho - Neto; Wilsinho (Jorginho), Charles Paraíba, Hugo e Toninho Bahia; Célio, Régis Pitbul, Diguinho (Pretinho) e Juninho Pindaré (Renatinho); Célio Mata Boi e Ted Love. Técnico: Pedro Manta.