domingo, 10 de fevereiro de 2019

Piaui arranca empate e Tubarão segue sem vencer em casa

Enquanto Allan marca Nilsinho, José Emerson sai com a bola dominada para o Piauí (Foto - Blog do Jonys).
Na sequência do Campeonato Piauiense da 1ª Divisão de Profissionais, hoje (10) à tarde, no Estádio Pedro Alelaf, em Parnaíba, empate de 1 a 1 foi o resultado final de Parnahyba e Piauí, com o time da casa perdendo a invencibilidade de sua meta, que ainda não tinha sido vazada na competição.

Foram 350 minutos sem sofrer gol na competição, com o tento de Amorim também servindo para impedir que o Tubarão conquistasse sua primeira vitória diante de sua torcida. O Parnahyba abriu a contagem através de Nilsinho, num chute de virada, da entrada da área

O empate do Piauí foi fruto de uma cabeçada do volante Amorim, resultado que significou o primeiro ponto do quadro da capital, que permanece ocupando a lanterna do certame. 

FICHA TÉCNICA

PARNAHYBA 1x1 PIAUÍ (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais – 1ª fase – 4ª rodada – Taça Estado do Piauí); Data: 10/02/2019 (domingo à tarde); Local: Estádio Pedro Alelaf (Parnaiba – PI); Arbitragem: Antônio José Lopes Trindade de Sousa, auxiliado por Rogério de Oliveira Braga e Alisson Lima Damasceno.

Renda: R$ 9.565,00 com 902 pagantes (104 não pagantes).

Público total: 1.006 torcedores.

Gols: Nilsinho 10 e Amorim (cabeça) 36 do 2° tempo.

Cartões amarelos: Vagner, Renan, Didi (PAR), Índio, Amorim e Jorginho (PIA).

Expulsão: Didi, aos 41 do 2°, por prática de jogo brusco (vermelho direto).

Parnahyba – Alberto; Thiago Granja, Didi, Renan e Toninho Bahia; China, Zé Augusto, Everlan (Vitinho) e Vagner; Nilsinho (Everton) e Wellington. Técnico: Adelmo Soares de Brito.

Piauí – Robson; Jorginho, Índio, Allan e Jorge; Amorim, Zezinho (Breno), José Emerson (Lucas Silva) e Neto; Denis e Brendo (Francisco). Técnico: Lucas Orides de Andrade.


4 de Julho vence e assume liderança do Piauiense

Com um gol de Ítalo Picapau, nos minutos finais da partida, o 4 de Julho venceu o River na manhã deste domingo (10), no Estádio Ytacoatiara, em Piripiri, e assumiu a liderança da primeira fase do Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais. 

O time tricolor ficou reduzido a 10 jogadores desde os 39 minutos do primeiro tempo, quando teve Erivelton expulso. Mesmo com um a menos, estava conseguindo o empate, mas levou o gol de Ítalo Picapau quando restavam poucos minutos para o encerramento do jogo.

Com esta vitória, o 4 de Julho assume a liderança isolada, com 8 pontos ganhos, enquanto o Parnahyba, que enfrentará o Piauí à tarde, é o vice-líder, com 5 pontos. 

FICHA TÉCNICA

4 DE JULHO 1x0 RIVER (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais – 1ª fase – 4ª rodada – Taça Estado do Piauí); Data: 10/02/2019 (domingo pela manhã); Local: Estádio Ytacoatiara (Piripiri – PI); Arbitragem: Diego da Silva Castro, auxiliado por Thyago Costa Leitão e Janystony Rabelo de Melo.

Renda: R$ 12.195,00 com 907 pagantes (130 não pagantes).

Público total: 1.037 torcedores.

Gol: Ítalo Picapau 41 do 2° tempo.

Cartões amarelos: Ítalo Picapau, Gilmar Bahia, Neguinho Paraíba, Ted Love (4J) e Vitor Hugo (RIV).

Expulsões: Erivelton, aos 39 do 1°, por chutar um adversário sem bola, e Wilsinho, aos 46 do 2°, por prática de jogo brusco, ambos com cartão vermelho direto.

4 de Julho – Tom; Wilsinho, Gilmar Bahia, Caio e Neguinho Paraíba (Eduardo); Célio (Chapinha), Vitor Recife, Maycon Douglas (João Pedro) e Ted Love; Josy e Ítalo Picapau. Técnico: João Rufino da Costa Nascimento (Paolo Rossi).

River – Mondragon; Tote (Matheus Lima), Audálio (Maceió), Cris e Vitor Hugo; João Paulo, Gustavo Henrique, Erivelton e Bismarck; Rhuann (Kaio) e Jonatas. Técnico: Rodrigo Fonseca.


sábado, 9 de fevereiro de 2019

Altos perde para o Ceará e cai para 6° no Nordestão

Ramón Baiano na marcação a Felipe Baxola (Foto - Mauro Jefferson / Ceará SC)

Depois da eliminação na Copa do Brasil, decorrente da goleada sofrida para o Santos, o time do Altos voltou a intervir na Copa do Nordeste, na tarde deste sábado (09), perdendo para o Ceará, por 2 a 1, na Arena Castelão, em Fortaleza

O Ceará não precisou de uma atuação espetacular para marcar mais três pontos na competição regional. Samuel Xavier abriu a contagem no final do primeiro tempo, em chute de fora da área. 

Na fase final, quando Altos mostrava-se melhor e igualou as ações, com gol de Netinho, o time da casa respondeu imediatamente, com Felipe Baxola surpreendendo o goleiro Andrade, que encontrava-se adiantado e sofreu mais um gol por cobertura, a exemplo do jogo com o Santos.
Com a derrota em Fortaleza, o bicampeão piauiense caiu para 6° lugar no seu grupo, mas agora vai jojgar duas partidas em casa, contra Confiança e Bahia, o que lhe dá condições de até buscar uma liderança, dependendo de combinação de resultados.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 2x1 ALTOS (Copa do Nordeste – 1ª fase – 3ª rodada); Data: 09/02/2019 (sábado à noite); Local: Castelão (Fortaleza - CE); Arbitragem: Luiz Claudio Sobral, auxiliado por Clovis Amaral da Silva e Charles Rosas Pires (todos de Pernambuco).

Renda: R$ 43.509,00 com 7.366 pagantes (1.145 não pgantes).

Público total: 8.512 torcedores.

Gols: Samuel Xavier 46 do 1° tempo; Netinho 37 e Felipe Baxola 38 do 2°.

Cartões amarelos: Valdo, Fabinho (CEA) e Caíque (ALT).

Ceará – Richard; Samuel Xavier, Eduardo Brock, Valdo e Felipe Jonatan; William Oliveira, Fabinho, Ricardinho (Fernando Sobral) e Felipe Baxola; Chico (Vitor Feijão) e Roger (João Paulo). Técnico: Luiz Carlos Cirne Lima di Lorenzi (Lisca Doido).

Altos – Andrade; Caíque, Leone, Ramón Baiano e Tiaguinho; Renato Santos (Ademir), Dos Santos, Jorginho, Júnior Paraíba (Netinho) e Ancelmo; Luizão (Raphael Freitas). Técnico: Leandro de Caitano Campos.


quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Altos é goleado e tambem está fora da Copa do Brasil

Sanchez foi o principal artilheiro do jogo, marcando dois gols no primeiro tempo. (Foto - Portal da CBF).
Na segunda apresentação do futebol piauiense na Copa do Brasil, o Altos foi eliminado na noite desta quarta-feira (06), ao ser goleado pelo Santos, no Estádio Albertão, em Teresina, por 7 a 1. O bicampeão piauiense chegou a abrir a contagem, mas o time paulista virou e garantiu sua vaga na próxima fase da competição.

Melhor nos primeiros minutos da partida, Altos construiu a primeira oportunidade de gol logo aos 4 minutos, quando Ancelmo deixou Eder Guerreiro cara a cara com Vanderlei, mas o goleiro do Santos defendeu. Um minuto depois, Luizão aproveitou falta cobrada da esquerda e colocou Altos na frente do placar.

Seis minutos mais tarde o Santos chegou ao empate, num gol irregular de Luiz Felipe. Com dois jogadores em posição de impedimento, inclusive o autor do gol, a bola foi cabeceada para as redes da meta piauiense. Aos 24, foi a vez de Derlis Gonzalez marcar para os visitantes.

Com o segundo gol, a defesa piauiense ficou totalmente desorientada e o Santos marcou mais dois gols em apenas 5 minutos, com Alisson e Carlos Sanchez. Ainda  na primeira fase, Sanchez marcou mais um. Na etapa final, o Santos marcou mais duas vezes, com Soteldo e Diego Pituca, selando a goleada de 7 a 1.

FICHA TÉCNICA

ALTOS 1x7 SANTOS-SP (Copa do Brasil – 1ª fase – Grupo 25); Data: 06/02/2019 (quarta-feira à noite); Local: Albertão (Teresina - PI); Arbitragem: Jean Pierre Goncalves Lima, auxiliado por Lucio Beiersdorf Flor e Andre da Silva Bitencourt (todos do Rio Grande do Sul).

Renda: R$ 84.940,00 com 4.407 pagantes.

Gols: Luizão 5, Luiz Felipe (cabeça) 11, Derlis Gonzalez 24, Alisson 25, Carlos Sanchez 28 e Carlos Sanchez 40 do 1° tempo; Soteldo 27 e Diego Pituca 37 do 2°.

Cartão amarelo: Renato Santos.

Altos – Andrade; Caíque, Renato Santos, Ramón e Tiaguinho; Dos Santos, Jorginho, Júnior Paraíba, Ancelmo e Eder Guerreiro; Luizão. Técnico: Leandro Caitano de Campos.

Santos – Vanderlei; Aguilar, Luiz Felipe e Gustavo Henrique; Victor Ferraz, Alison, Diego Pituca, Jean Mota (Soteldo), Carlos Sánchez (Eduardo Sasha) e Copete; Derlis González (Sandry). Técnico: Jorge Luís Sampaolli Moya.


terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

River sofre goleada e é eliminado da Copa do Brasil

Jogadores do Fluminense comemoram mais um gol no Albertão (Foto - Lucas Merçon / Fluminense).
Em jogo que marcou a abertura da Copa do Brasil, e a estreia do futebol piauiense na competição promovida pela CBF, disputado no Estádio Albertão, em Teresina, na noite desta terça-feira (05), o River foi eliminado ao ser impiedosamente goleado pelo Fluminense, por 5 a 0.

O Tricolor carioca aproveitou falhas no lado direito do sistema defensivo do Galo e por ali encaminhou sua incontestável vitória. No primeiro tempo, Luciano (pênalti), Everaldo e Bruno Silva (aproveitando rebote de novo pênalti perdido por Luciano) colocaram 3 a 0 no placar.

Na fase final, Luciano voltou a marcar e Marlon, com um chute de fora da área, deu números finais ao marcador. Destaque, no time piauiense, para a atuação do goleiro Mondragon. Não fosse um punhado de grandes defesas, a goleada teria sido muito mais ampla.

FICHA TÉCNICA

RIVER 0x5 FLUMINENSE-RJ (Copa do Brasil – 1ª fase – Grupo 17); Data: 05/02/2019 (terça-feira à noite); Local: Albertão (Teresina - PI); Arbitragem: Emerson de Almeida Ferreira, auxiliado por Celso Luiz da Silva e Felipe Alan Costa de Oliveira (todos de Minas Gerais).

Renda: R$ 129.760,00 com 4.657 pagantes.

Gols: Luciano (pênalti) 15, Everaldo 18 e Bruno Silva 44 do 1° tempo; Luciano 11 e Marlon 46 do 2°.

Obs.: Luciano perdeu um pênalti, aos 44 do 1°, chutando para Mondragon defender. Bruno Silva marcou o 3° gol no rebote.

Cartões amarelos: Carlos Henrique, Roney e Cris (RIV).

River – Mondragon; Carlos Henrique (Tote), Audálio, Cris e Vítor Hugo; Liniker, Gustavo Henrique e Bismarck; Jonatas (Kaio Vinicio), Eduardo (Rhuann) e Roney. Técnico: Oliveira dos Santos  Lopes (Oliveira Canindé).

Fluminense (RJ) – Rodolfo; Ezequiel, Digão, Matheus Ferraz e  Marlon; Airton, Bruno Silva (Marcos Paulo) e Daniel (Caio Henrique); Everaldo, Luciano (João Pedro) e Yony González. Técnico: Fernando Diniz.