domingo, 31 de agosto de 2014

Galo cede empate na Ilha, mas permanece na liderança

Depois de ficar à frente do placar por duas vezes, o River acabou cedendo o empate na tarde deste domingo (31), no Estádio Castelão, em São Luis, mas com o resultado de 2 a 2, diante do Moto Club, mantendo o campeão piauiense na liderança isolada do Grupo A2 da Série D do Campeonato Brasileiro.

Desde o início do jogo que o time piauiense mostrou uma proposta de segurar o ímpeto do adversário e explorar o potencial da dupla Fabiano e Eduardo no setor ofensivo. Com Esquerdinha em boa jornada, o meio de campo tricolor foi crescendo em campo e a primeira oportunidade veio com um chute de Fabiano, obrigando Ruan a uma grande defesa.

Aos 30 minutos, Esquerdinha cobra falta e Pierre desvia para seu próprio gol. O River abre a contagem, mas não consegue manter a vantagem por muito tempo. Três minutos mais tarde, o mesmo Pierre, agora do lado certo, chuta para o gol e decreta o empate no Estádio Castelão. Assim terminou o primeiro tempo.

Na fase complementar, Daivison perde boa chance para o Moto, logo no primeiro minuto, mas a resposta tricolor vem em seguida e Diego Renan salva em cima da linha. O segundo gol piauiense surgiu aos 27 minutos. Em cobrança de escanteio, a bola chega para Rafael Araújo cabecear e desviar para o gol.

Quando parecia que, finalmente, iria segurar o resultado, o árbitro vê pênalti de Cleber Carioca. Aos 42 minutos, Gabriel cobra e marca o segundo gol maranhense, dando números finais ao marcador. Com o empate, o River continua líder isolado, agora com 10 pontos ganhos, enquanto o Moto segue na terceira colocação. Agora o time piauiense folga, para voltar a campo daqui a 15 dias, em Belém, contra o Clube do Remo.

FICHA TÉCNICA


MOTO CLUB 2x2 RIVER (Campeonato Brasileiro - Série D - 6ª rodada - Grupo A2); Data: 31/08/2014 (domingo à tarde); Local: Estádio Castelão (em São Luís - MA); Arbitragem:
Carlos Pequeno Frutuoso, auxiliado por Alexsandro Lira de Alexandre e  Anne Kesy Gomes de Sa (todos do Amazonas).
 
Renda: R$ 106.630,00 com  6.114 pagantes.
 
Gols: Pierre (contra) 30 e Pierre 33 do 1° tempo; Rafael Araújo (cabeça) 27 e Gabriel (pênalti) 42 do 2°.
 
Cartões amarelos: Curuca, Luis Fernando (MOTO), Fabiano, Índiio, Thiago Marabá, Cleber Carioca e Kássio (RIV). 
 
Expulsões: Luis Fernando e Índio, aos 29 do 2°, por agressão mútua.
 
Moto Club -  Ruan; Diego Renan, Fred, Luis Fernando e Deca; Pierre, Curuca, João Neto e Deivison (Felipe); Fabiano (Gabriel) e Henrique (Maranhão). Técnico: Edson Porto.

River - Cesar Luz; Cleber Carioca, Rafael Araújo e Índio; Marquinhos, Kassio, Thiago Dias, Esquerdinha (Thiago Marabá) e Amarildo; Fabiano (Bruno Lopes) e Eduardo. Técnico: Flávio Pereira de Barros Júnior.

Um comentário:

  1. Indubitavelmente, o empate foi muito legal para a representação piauiense. Enfim, superamos aquele velho, vencido e difícil "tabu" de entrar em campo já perdendo por 1 x 0, porém, ainda temos um outro, terrível, a vencer: aquela antiga, velhaca, insistente e persistente "abertura de pernas nos últimos minutos". PÔXA! Há décadas e décadas sempre nos deparamos com esta vexatória situação. Ninguém, mais ninguém mesmo, lembra q, neste instante é JOGAR A BOLA PRO MATO QUE O JOGO É DE CAMPEONATO. Pergunto: até qdo vai perdurar esta "LÁSTIM, CHICO PAULO?"(OBRIGADO DEOCLECIO DANTAS)!!!!

    ResponderExcluir