domingo, 31 de maio de 2015

Rivengo termina empatado, mas o Galo é bicampeão

Festa tricolor na entrega dos troféus após a conquista de mais um bicampeonato (Foto - ISRAEL ARAÚJO)
Ao empatar com o Flamengo no tempo normal e na prorrogação, o River conquistou a Taça Cidade de Teresina (2° turno do Estadual) e, como já havia ganho o primeiro turno, sagrou-se bicampeão piauiense de forma arrastão. O placar final de 1 a 1 confirmou o que já fora dito no início do ano, quando o River foi considerado o único favorito ao título.

No tempo normal, o Flamengo abriu a contagem ainda no primeiro tempo, através de Paulo Ricardo. Com a cabeça, ele desviou para as redes uma bola levantada para a área em cobrança de falta pelo meia Mimi. Depois do gol, porém, o River foi crescendo de produção e Eduardo marcaria o tento do empate aos 32 minutos.

Antes da bola rolar, a pose para a história de mais um bicampeonato.
Na comemoração, ele levantou a camisa até o pescoço e foi advertido com o cartão amarelo, como determina a FIFA. Como já havia sido advertido no início do jogo, foi corretamente expulso pelo árbitro. Mas assim mesmo, com um homem a menos, o Flamengo não soube tirar proveito e o River andou até mais perto da vitória, colocando três bolas nas traves de Fábio.

Com o tempo normal empatado por um gol, foi necessária a disputa de uma prorrogação de 30 minutos, onde o River, por ter melhor índice técnico, jogava pelo empate. O resultado permaneceu e o Galo, que já havia conquistado o primeiro turno, sagrou-se campeão arrastão. Ou melhor, bicampeão, garantindo vaga no Campeonato Brasileiro (Série D) 2015, na Copa do Nordeste 2016 e na Copa do Brasil 2016.

Com o resultado, o River ficou com os troféus Alfredo Ferreira Neto (campeão da Taça Cidade de Teresina) e Wellington Dias (campeão piauiense). Ao Flamengo, restou o vice-campeonato, que lhe garante também a presença na próxima edição da Copa do Nordeste.

FICHA TÉCNICA
 
RIVER 1x1 FLAMENGO (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais - 2° Turno - Taça Cidade de Teresina - Jogo final); Data: 31/05/2015 (domingo à tarde); Local: Estádio Albertão (em Teresina); Arbitragem: Antônio José Lopes Trindade de Sousa, auxiliado por Rogério de Oliveira Braga e Thyago Costa Leitão.
 
Renda: R$ 62.640,00 com 4.669 pagantes (698 não pagantes).

Público total: 5.367 torcedores.
 
Gols: Paulo Ricardo (cabeça) 11 e Eduardo 32 do 1° tempo.
 
Cartões amarelos: Eduardo, Naylson, Paulo Paraíba, Índio, Rogério, Raphael Freitas (RIV), Flavinho, Roberto Jacaré, Moré, Zuza, Leylon e Mimi (FLA).
 
Expulsão: Eduardo, aos 33 do 1°, por levantar a camisa na comemoração do gol (segunda advertência).
 
River - Naylson; Paulo Paraíba, Índio e Rafael Araújo; Tote, Amarildo, Rogério, Esquerdinha (Thiago Marabá) e Rafinha; Eduardo e Fabinho (Raphael Freitas). Técnico: Flávio José Araújo.
 
Flamengo - Fábio; Zuza (Leylon), Regineldo, Paulo Ricardo e Xavier; Gleidson, Mimi e Flavinho; Roberto Jacaré (Naylan), Moré (Sadrak) e Augusto. Técnico: Jorge Pinheiro e Silva.

 

5 comentários:

  1. Inicialmente, PARABÉNS aos riverinos e, em especial, ao Mano JD-BB e tb ao Dom Elizeu, pela brilhante conquista. Quanto ao Meu..."flaMIGUÉ..." só me resta agradecer e parabenizar o PINHEIRÃO, juntamente com o Severo, e a todos os jogadores dos nossos parceiros, os GUARANYS(JUAZEIRO e Sobral), pela cessão do valoroso grupo de Atletas - educados, focados e determinados - que fizeram, e muuito bem, de uma caricatura de time de futebol, um forte concorrente ao título do Estadual. Missão honrosa para o grande lutador, o Zuza e ao "xodó da galera", o nosso "Galinho dos Aguapés", o AUGUSTO que jogou bastante defendendo nossas cores. Um forte abraço a todos!!!! E . . . . . . . . .VIDA . . . .QUE......SEGUE!!!!

    ResponderExcluir
  2. Ato falho: Não é Missão honrosa e, sim, MENÇÃO HONROSA...

    ResponderExcluir
  3. Foi o campeonato mais "eu já sabia" da história, todo mundo acertou no prognóstico. Só erraram no vice, só que como diria Senna é o pior dos perdedores.

    O que não me conformo é que o troféu era pra ser a réplica do Karnak. Foi uma foto de quinta pra homenagear um governador que tratou o torneio como Copa Piauiense, para remeter a uma marca politiqueira de sua gestão passada.

    Enfim, de resto, diante de um campeonato óbvio, há a permanente preocupação do que será dos torcedores locais depois ontem?

    ResponderExcluir
  4. FAGEPI informa: sai "FLAMIGUÉbuchadaPARAGUAIA" e entra "FLAMIGUÉbuchadaSEM NADA". Mas meu Caro Buim e rubro negrada, em verdade, em verdade, acredito que, nesses 6 meses, a AGREMIAÇÃO? VERMELHO E PRETA tende a voltar ao "STATUS QUO ANTE" NEM QUE SEJA NA BASE DA LEI DO NOSSO JJLAPA: "NO GRITO OU NO TAPA". QUE ASSIM SEJA!!!!

    ResponderExcluir