domingo, 27 de julho de 2014

Série D: River empata, mas mantém liderança do Grupo 2

Nos acréscimos, Eduardo cobra o pênalti que resultou no gol de empate do River.
Apesar de não conquistar a vitória que a torcida piauiense tanto esperava, empatando com o Clube do Remo na tarde deste domingo (27), por 1 a 1, no Estádio Albertão, em Teresina, o River manteve a liderança do Grupo 2 da Série D do Campeonato Brasileiro. O campeão piauiense foi beneficiado com o empate no outro jogo da rodada, entre Moto Club e Interporto.

Desde o início que o jogo se mostrou dos mais equilibrados. O River não jogou o mesmo futebol desempenhado na estréia, quando venceu em Sobral. E o Remo atuava melhor que no seu primeiro jogo, quando empatou com o Moto em Bragança. O certo e´que a igualdade entre as duas equpes era evidente.


Marabá chegou a ficar livre, diante de Douglas, mas não aproveitou a chance que lhe ocorreu ainda no 1° tempo.
Em sua melhor oportunidade de gol, na primeira fase, Thiago Marabá chegou a ficar frente a frente com o goleiro remista, mas não conseguiu dribá-lo para abrir a contagem. O Remo, por sua vez, respondeu com uma cabeçada de Reis, que tinha endereço certo, mas Cesar Luz fez grande defesa, colocando a bola para escanteio. Aliás, os dois goleiros foram os que mais se destacaram na fase primeira da partida.

Na etapa complementar, o Remo veio bem melhor e chegou a fazer grande pressão contra a meta tricolor. Até que o volante Schmoller acertou um belo chute, no ângulo superior esquerdo de Cesar Luz, abrindo a contagem para o quadro paraense. O River nao cnseguia se encontrar em campo, até que o técnico Josué Teixeira pôs Raylan e Bruno Chocolate.

Outra providencial intervenção do goleiro do Clube do Remo.
A melhor foi pouca, mas o espírito de luta acabou sendo premiado com um toque do zagueiro Raphael Andrade dentro da área. O árbitro potiguar, de atuação ruim, ressalte-se, assinalou a penalidade máxima que Eduardo transformaria no gol de empate já aos 48 minutos do 2° tempo. Final de jogo com o empate de 1 a 1, suficiente para manter o River na liderança do Grupo 2, onde Moto Club e Interporto também empataram (2 a 2) no outro jogo da rodada.

FICHA TÉCNICA

RIVER 1x1 CLUBE DO REMO (Campeonato Brasileiro - Série D - 2ª rodada - Grupo 2); Data: 27/07/2014 (domingo à tarde); Local: Estádio Albertão (em Teresina); Arbitragem: Leandro Saraiva Dantas de Oliveira (Rio Grande do Norte), auxiliado por Renan Aguiar da Costa e Nailton Junior de Sousa Oliveira (ambos do Ceará).

Renda e público: não divulgados.

Gols; Michel Schmoller 28 e Eduardo (pênalti) 48 do 2° tempo.

Cartões amarelos: Cesar Luz (RIV), Ameixa e Alex (REM).

River - Cesar Luz; Índio, Cleber Carioca, Gabriel (Raylan) e Amarildo; Vitor Recife, Thiago Dias, Thiago Marabá (Bruno Chocolate) e Esquerdinha (Tadeu); Eduardo e Fabiano. Técnico: Josué Amaral Teixeira.

Clube do Remo - Maycki Douglas; Ameixa (Ilaílson), Raphael Andrade, Max e Alex Ruan; Michel Schmöller, Dadá, Jhonnatan e Reis (Rubran); Rony (Val Barreto) e Leandro Cearense. Técnico: Roberto Fernandes.

4 comentários:

  1. Lateral direito de qualidade - URGENTE!! Posicionar "El Tanque Phabiano" um pouco mais à esquerda e. . . . . . . . .no mais, NADA DE AMISTOSO contra TEC ou Sabiá, pois causaria mais desgastes do nosso representante àqueles, embora poucos, que arregaçaram as mangas para apoiar o clube, como o amigo aquí(FLAMIGUÉ todo). Ah! Mano João o jogo foi muuuito aquém do esperado, mas vamos q vamos!!!!

    ResponderExcluir
  2. Renda e público que divulgaram é sério mesmo?

    ResponderExcluir
  3. Jonhes, não tem diabo q consiga extinguir essa praga de "pilantras e penetras", a começar pelos ricos que se acomodam no setor de cadeiras, além de grande parte daqueles zuadentos q se dizem pertencer a torcida organizada. Talvez, daqui a mil anos, a contar das Olimpíadas/2016, se consiga implantar as famosas, decantadas e nunca colocadas CATRACAS ELETRÕNICAS!!! UM ABRAÇO!!!!

    ResponderExcluir
  4. Por que os diretores do River ainda vibram com o feito de ser o 3º maior na Série D, eles não esperavam 10 mil pagantes? Eta povo mal de achômetro!

    ResponderExcluir