terça-feira, 27 de abril de 2021

Raphael Freitas no Top Ten dos goleadores do Piauiense

Raphael Freitas: a cada gol, um degrau a mais na história (Foto - Prefeitura de Picos)

Maior artilheiro do Campeonato Piauiense em atividade, o atacante Raphael Freitas, da Sociedade Esportiva de Picos, acaba de atingir mais uma marca na sua trajetória de goleador no nosso futebol. Ao assinalar o solitário gol do jogo entre SEP e Tiradentes, domingo último, além de dar a vitória para sua equipe, ele entrou para o seleto grupo dos dez maiores goleadores da competição em toda a sua história. 

Raphael Freitas completou 57 gols na Série A do Campeonato Piauiense, igualando a marca de Cacá, que jogou entre 1975 e 1993, atuando por Flamengo, Piauí, Paysandu, River, Tiradentes e Parnahyba. Quando o Piauiense 2021 começou, ele totalizava 54 gols, ocupando a 12ª colocação. Com três gols marcados até o momento, já ultrapassou Sousa e Coxinha (55), mas nesta quarta-feira será poupado. Domingo, diante do Flamengo, em Picos, poderá deixar Cacá para trás. Se marcar duas vezes, iguala-se ao histórico Pretinho, o maior artilheiro da história do 4 de Julho.  

Se alcançar Manoel (Altos) e Jânio Daniel (Parnahyba) na artilharia do campeonato deste ano pode parecer uma tarefa mais difícil, subir cada degrau do Top Ten dos Artilheiros do Piauiense passa a ser uma nova missão. Não menos interessante e não menos histórica, vai sedimentando o nome do goleador da SEP entre os maiores, ao mesmo tempo em que oxigena a luta de sua equipe contra o fantasma do rebaixamento. 

O TOP TEN DOS ARTILHEIROS NO CAMPEONATO PIAUIENSE

1° Sima, com 266 gols

2° Etevaldo, com 85 gols

3° Sabará, com 84 gols

4°Paulinho da Maioba, com 70 gols

5° Henrique Catita, com 67 gols

6° Walberto e Brinquedo, com 63 gols

7° Paulinho Portela e Paulo Cesar Vilarinho, com 61 gols

8° Mota, com 60 gols

9° Pretinho, com 59 gols

10° Cacá e Raphael Freitas, com 57 gols

PRÓXIMOS JOGOS DE RAPHAEL FREITAS

02/05 – contra o Flamengo, em Picos

09/05 – contra o Fluminense, em Teresina

12/05 – contra  4 de Julho, em Picos

16/05 – contra Altos, em Altos



quarta-feira, 3 de março de 2021

Galo abre vantagem, mas Colorado reage e empata

Encoberto por Neho Brasil, na pequena área, Wilson Potiguar empurra a bola para as redes, no primeiro gol tricolor (Foto - Reprodução TV).

Um jogo de dois tempos distintos. Esta frase já seria o bastante para um resumido comentário sobre o que foi o empate de 2 a 2 entre River e 4 de Julho, na tarde desta quarta-feira (03), quando as duas equipes jogaram, no Estádio Albertão, em Teresina, compromisso antecipado da 5ª rodada do Campeonato Piauiense. O 4 de Julho não se encontrou no 1° tempo, mas passou, quando iniciou a fase final, de dominado a dominador.

O Galo começou bem, abrindo o placar em apenas 7 minutos. Quase debaixo do gol, Wilson Potiguar aproveitou chute cruzado de Giovani e fez 1 a 0. Dez minutos mais tare, pênalti para o 4 de Julho, que Ted Love cobrou e marcou, mas o árbitro mandou repetir, em decorrência de invasão da área. Na nova cobrança, Ted chutou no mesmo canto esquerdo de Caio Borges, que desta vez efetuou a defesa, garantindo a vantagem riverina. Tudo conspirava em favor do River, que não demorou para chegar ao 2° gol: um belo chute de Netho Brasil que, de primeira, aproveitou assistência de Wilson Potiguar.

O River estava bem, até que veio o intervalo. A preleção dos vestiários mudou os rumos do jogo e o 4 de Julho, bem melhor, chegou ao empate. Diminuiu quando Zé Antônio marcou contra, em jogada que teve origem numa bola perdida por Wallace. Aos 38 minutos, um peixinho sensacional de Etinho decretou o placar final de 2 a 2.

FICHA TÉCNICA

RIVER 2x2 4 DE JULHO (Campeonato Piauiense de Futebol – Série A – 1ª fase - Jogo antecipado da 5ª rodada); Data: 03/03/2021 (quarta-feira à tarde); Local: Albertão (Teresina); Arbitragem: Antônio Francisco Cordeiro de Paula, auxiliado por Alisson Lima Damasceno e Zilvano de Oliveira Costa.

Gols: Wilson Potiguar 7 e Netho Brasil 24 do 1° tempo; Zé Antônio (contra) 9 e Etinho (cabeça) 38 do 2°.

Obs.: Ted Love perdeu um pênalti, aos 17 do 1° , chutando para Caio Borges defender.

Cartões amarelos: Giovani, Daniel Bagaceira, Wilson Potiguar, Sidney, Wellington Sabão, Anderson (RIV), Ted Love e Vitor Recife (4J). 

River - Caio Borges; Jader (Jeorge Hamilton), Wallace, Zé Antônio e Yuri; Sidney (João Victor), Giovanni, Magno e Wilson Potiguar; Wellington Sabão (Hercules) e Netho Brasil (Daniel Bagaceira). Técnico: Emanoel Sacramento Filho.

4 de Julho - Jaílson; Caio, Lucas (André Victor), Gilmar Bahia e Chico Bala; Vitor Recife (Edinaldo), Esdras (Hiltinho), Rômulo e Ted Love; Dudu Beberibe e Ítalo Picapau (Etinho). Técnico: Flávio José Araújo.



segunda-feira, 1 de março de 2021

Sem gols e com expulsões: assim foi Tiradentes x Picos

Num jogo sem emoções e com muitos erros de passe e conclusão de jogadas, Tiradentes e Picos não saíram do 0 a 0 na tarde desta segunda-feira (01), no Estádio Lindolfo Monteiro, no andamento da terceira rodada do Campeonato Piauiense. Ocupando as duas últimas colocações do certame, obtiveram o resultado que não ajuda nenhum deles a sair da incômoda zona de rebaixamento.

Mas, se foram econômicos em gol, não pouparam ações para o cartão vermelho. O Tiradentes iniciou os trabalhos: por impedir um iminente perigo de gol com jogada faltosa, e por já ter um cartão amarelo, o zagueiro Emerson levou a segunda advertência e foi e expulso pelo árbitro. Nos acréscimos, Biel e David Rocha trocaram agressões e também foram expulsos, mas com apresentação direta do cartão vermelho pelo árbitro Jardiel da Rocha Soares.

Mais dois jogos sequenciarão o Campeonato Piauiense nesta quarta-feira: River x x 4 de Julho, no Estádio Albertão, em Teresina; Parnahyba x Altos, no Pedro Alelaf, em Parnaíba. Neste último confronto, o Parnahyba entrará em campo defendendo a liderança isolada da competição.

FICHA TÉCNICA

TIRADENTES 0x0 PICOS (Campeonato Piauiense de Futebol – Serie A – 1ª fase – 3ª rodada); Data: 01/03/2021 (segunda-feira à tarde); Local: Lindolfo Monteiro (Teresina); Arbitragem: Jardiel da Rocha Soares, auxiliado por Marcio Iglesias Araújo Silva e André da Silva Andrade.

Cartões amarelos: Emerson, Fred, Otávio, Pitombeira (TIRA), Jefferson e Caíque (SEP).

Expulsões: Emerson, aos 25, por impedir, com falta, um iminente perigo de gol (segundo amarelo); Biel e David Rocha, aos 50, por agressão mútua (ambos vermelho direto), todos no 2° tempo.

Tiradentes – Andrei; Danilo Cirqueira, Emerson, Otávio e Fred; Biel, Pedro Ivo, Felipe (Ericles Vitor) e Romarinho; Vitor Alagoano (Pitombeira) e Lauro Balotelli (Júnior Saudade). Técnico: Tarso Rosa Campelo. 

Picos – Diego; Jefferson, Lucão, Marcondi e Edivaine (Romarinho); Ribeiro, Idevan, Caíque (David Rocha) e Kleiton Maranhense (Sassá); Rhuann e Raphael Freitas. Técnico: Adelmo Soares de Brito.



domingo, 28 de fevereiro de 2021

Tubarão empata em casa, nos acréscimos, e segue líder

Cercado por adversários, Caio Jambeiro é dominado e Vidal sai com a bola (Foto - Blog do Jonys).

No prosseguimento da terceira rodada do Campeonato Piauiense, na tarde deste domingo (28), Parnahyba e Fluminense se enfrentaram no gramado do Estádio Pedro Alelaf, em Parnaíba, registrando-se empate de 1 a 1. O Fluminense vencia até os 50 minutos da fase complementar, mas permitiu o empate no crepúsculo do encontro.

O Tricolor abriu a contagem no primeiro tempo, através de Juninho. Após uma saída de bola errada da defesa parnaibana, ele recebeu em excelentes condições e apenas colocou no canto da meta de Yan. Como não conseguiu aproveitar outras oportunidades, o Fluminense foi castigado com o empate já nos acréscimos da partida, quando Jânio Daniel acertou uma cabeçada no ângulo, garantindo o placar final de 1 a 1.

Com sete pontos ganhos, o Parnahyba  é líder isolado da competição, que terá sequência na tarde de amanhã, no Estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina, com o jogo entre as equipes do Tiradentes e do Picos. 

FICHA TÉCNICA

PARNAHYBA 1x1 FLUMINENSE (Campeonato Piauiense de Futebol – Série A – 1ª fase – 3ª rodada); Data: 28/02/2021 (domingo à tarde); Local: Pedro Alelaf (Parnaíba); Arbitragem: Ideilon Helton Alves Lima, auxiliado por Alisson Lima Damasceno e Raimundo David dos Reis Alves.

Gols: Juninho 39 do 1° tempo; Jânio Daniel 51 do 2°.

Cartões amarelos: Sorín, Andrey (PAR), Alisson e Lucas Camarão (FLU).

Expulsão: Joelson, que já estava no banco de reservas, aos 47 do 2°, por ofensas morais (vermelho direto).

Parnahyba - Yan; Sorin, Filipe, Everton (Rian, depois Danilo) e Renan; Rhuan, Andrey (Luan) e Caio Jambeiro (Jânio Daniel); Jânio Fialho, Fabinho e Joelson (Cisneros). Técnico: Dejair Jorge Ferreira.

Fluminense – Flávio Henrique; Emerson, Maceió, Vidal e Hiago; Wallyson (Madson), Juliano, Alisson e Bismarck (Azulão, depois Júnior Chicão); Lucas Camrão (Gleysinho) e Juninho (Maurício). Técnico: Wallace Kafune Nassif Lemoms.



Flamengo quebra longo jejum e vence o clássico Rivengo

Allan Patrick sai com a bola, vigiado de perto por Baré, Wembley, Sidney e Palito  (Foto - divulgação).

No primeiro clássico Rivengo da temporada, o Flamengo aproveitou suas últimas oportunidades e, com dois gols nos acréscimos, vence por 2 a 0 e encosta nos líderes do Campeonato Piauiense. Há muitos anos que o torcedor rubro-negro não saía dos jogos contra o River comemorando uma vitória. A última havia sido em 2016, quando derrotou o Galo por 1 a 0 no 1° turno.

Na manhã deste domingo (28), o River até começou melhor, mas o jogo foi se equilibrando e as emoções vieram somente nos acréscimos, quando a pressão do Flamengo surtiu efeito. Aos 48 minutos, André Beleza cobrou escanteio na cabeça de Wembly. No minuto seguinte,, o River foi ao ataque o goleiro Wallace fez uma defesa espetacular, evitando o empate. No contra-ataque, depois de excelente jogada de Levi pela direita, Juninho Pindaré decretou a segunda bola na rede tricolor.

Com este resultado, o Flamengo fica próximo do líder, mas na terceira colocação, o que ainda lhe deixa fora da zona de classificação. Mas ganhou uma nova motivação ao quebrar um longo jejum no mais tradicional clássico do futebol piauiense.

FICHA TÉCNICA

RIVER 0x2 FLAMENGO (Campeonato Piauiense de Futebol – Série A – 1ª fase – 3ª rodada); Data: 28/02/2021 (domingo pela manhã); Local: Albertão (Teresina); Arbitragem: Antônio Dib Moraes de Sousa, auxiliado por Mauro Cezar Evangelista de Sousa e Izaura de Sousa e Silva.

Gols: Wembley (cabeça) 48 e Juninho Pindaré 49 do 2° tempo.

Cartões amarelos: Netho Brasil (RIV), Audálio, Wembley e Sidney (FLA).

River – Caio Borges; Jader, Índio (Wallace), Zé Antônio e Yuri; Sidney (Hércules), Giovani, Magno e Allan Patrick (Jeorge Hamilton); Wilson Potiguar (Ikson) e Wellington Sabão (Netho Brasil). Técnico: Emanoel Sacramento Filho. 

Flamengo – Wallace; Barata, Audálio, Sidney e Baré; Wembley, Palito, Mauro (André Beleza) e Waldir (Juninho Pindaré); Fábio Júnior (Levi) e Marciano (Ronda). Técnico: Joaquim de Oliveira Lemos Júnior (Aníbal).